Embarque do 1º Lote de Cacau com selo de Indicação Geográfica de Tomé-Açu

Atualizado: 12 de Ago de 2020

hoje, 31 de julho de 2020, ocorreu o embarque do primeiro lote de amêndoas de cacau com Selo de Indicação Geográfica de Tomé-Açu. POR KAZUHIRO ITO DIA 31/07/2020 14H14 EM https://cacaudetomeacu.org.br/artigo/embarque-do-1-lote-de-cacau-com-selo-de-indicacao-geografica-de-tome-acu


Hoje, dia 31 de julho de 2020, por volta das 10:00h iniciou o embarque do primeiro lote de cacau com Selo de Indicação Geográfica de ToméAçu. 

O Sr. silvio Kazuhiro Shibata, presidente da ACTA parabenizou todos os produtores que se esforçaram e decicaram aquele cuidado especial ao seguir o manual de boas práticas de fabricação e o manual de boas práticas agrícolas objetivando dar maior qualidade à amêndoa do cacau. 

"O mercado consumidor, principalmente o internacional está cada vez mais exigente; isto é fato! Certamente todos os cacauicultores, não apenas os daqui mas no âmbito geral, precisarão se adequar às exigências do mercado e dentre elas, a nossa conquista, de sermos a primeira de nosso estado, até então, detentora da IG, significa “estarmos 1 passo a mais” diante de outros produtores, produzindo um cacau “diferenciado”, com fortíssimo apelo de sustentabilidade, pois são amêndoas produzidas em nossos SAFTAs - Sistemas Agroflorestais de Tomé-Açu, um “consórcio de várias espécies frutíferas, essências florestais, leguminosas dentre outras” cujo princípio é o de se produzir imitando ao máximo o ambiente natural, onde as plantas convivem harmoniosamente. É evidente que, além da conquista de novos mercados, dar maior visibilidade aos nossos produtos, buscamos também “num futuro próximo”, conquistar preços e considerações melhores ao nosso cacau, beneficiando assim os nossos produtores. Só conseguimos o “aval” e liberação para exportação de nossas amêndoas,após criteriosa análise laboratorial,que precisam estar precisamente adequadas aos padrões sanitários e de qualidade exigidos. Sentimo-nos honrados e orgulhosos em poder contribuir, adicionar ao nosso Pará, mais um fato nas diversas transações e exportações, desta vez, com o 1º lote de amêndoas com o sêlo da Indicação Geográfica do Cacau de Tomé-Açu."

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo